Comissão Própria de Avaliação

A Faculdade do Cerrado Piauiense- FCP acredita que uma sistemática de avaliação interna deve ser entendida como um mecanismo que propicie e disponibilize informações para melhorar o seu desempenho acadêmico, garantindo a eficiência administrativa e, por esse caminho, ajudando na manutenção da faculdade,nesse contexto, a avaliação insere-se num campo mais amplo do que o de um trabalho isolado junto aos segmentos que sustentam a instituição (docentes, alunos e técnicos), bem como junto ao seu entorno.

A FCP, instituição integrante da rede de educação superior, adotou no ano de 2006 os instrumentos do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior – SINAES, instituído pela Lei no. 10.861, de 14 de abril de 2004, e regulamentado pela Portaria n°. 2.051, de 9 de julho de 2004.

Esse sistema foi construído com a finalidade de analisar, oferecer subsídios, fazer recomendações, propor critérios e estratégias para a reformulação de processos e políticas de avaliação da Educação Superior e elaborar a revisão crítica dos seus instrumentos, metodologias e critérios utilizados, abrangendo todas as instituições de educação superior (IES).

O SINAES engloba três processos diferenciados de avaliação, a saber:

– Avaliação das Instituições de Educação Superior (AVALIES);

– Avaliação dos Cursos de Graduação (ACG);

– Avaliação do Desempenho dos Estudantes (ENADE).

Como parte de um mesmo sistema de avaliação, cada um desses processos será desenvolvido em situações e momentos distintos, fazendo uso de instrumentos próprios, articulados entre si. Eles abordarão dimensões e indicadores específicos, com o objetivo de identificar as potencialidades e insuficiências dos cursos e instituições, promovendo a melhoria da sua qualidade e relevância – e, por conseqüência, da formação dos estudantes – e, ainda, fornecendo à sociedade informações sobre a educação superior no país.

Para desenvolver a auto-avaliação na FCP foi instituída a Comissão Própria de Avaliação-CPA, conforme diretrizes do SINAES a auto-avaliação constitui um componente central que confere estrutura e coerência ao processo avaliativo que se desenvolve na FCP, integrando todos os demais componentes da avaliação institucional, entendendo-se auto-avaliação como um processo cíclico, criativo e renovador de análise e síntese das dimensões que definem a Instituição. O seu caráter diagnóstico e formativo de autoconhecimento deve permitir a reanálise das prioridades estabelecidas no Projeto Político Institucional e o engajamento da comunidade acadêmica na construção de novas alternativas e práticas.